O Projeto

O QUE SÃO AS STE(A)M?

O acrónimo STEM significa ciência, tecnologia, engenharia e matemática, sendo que o “A” inclui artes visuais ou performativas que são utilizadas como ferramentas para o ensino das STEM.

Assim, STE(A)M é uma abordagem educativa que utiliza Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática como pontos de acesso para orientar a investigação, o diálogo e o pensamento crítico dos alunos, bem como a aquisição dessas competências.

O IN2STEAM aborda as disparidades de género nas STEM, por meio da adoção da aprendizagem inclusiva STE(A)M, através de uma metodologia que combina disciplinas de arte e ciência em contexto real. É uma abordagem eficaz na promoção da criatividade, o pensamento crítico e as competências de resolução de problemas entre os jovens alunos.

Ao reduzir as disparidades nos resultados das meninas nas áreas STEM e ao melhorar o acesso a recursos digitais e práticas de ensino, serão criadas e fortalecidas sinergias entre ciência, criatividade e inovação: os conceitos-chave do projeto.

O QUE SÃO AS STE(A)M?

Impacto

  • Análise do valor da educação STE(A)M no aumento da motivação e participação de meninas jovens Nas áreas de estudo STEM e nas necessidades profissionais dos professores;
  • Aquisição de novas competências direcionadas aos professores do ensino primário para melhor responder e gerir as perspetivas de género nas práticas de ensino;
  • Mais interesse e envolvimento dos alunos da escola primária – com idades entre 8 e 11 anos – na aprendizagem STE(A)M e envolvimento de pelo menos 80 meninas por país parceiro; identificação de uma mudança comportamental nas meninas, na procura e escolha de áreas STE(A) M na próximas etapas da educação;
  • Participação ativa e mais ampla da comunidade escolar (incluindo pais e decisores políticos) na fase de investigação, nos processos de aprendizagem e na conscientização e interesse das oportunidades de educação e carreiras STE(A)M para todos os alunos, especialmente meninas.

Objetivos

Potenciar o desenvolvimento de competências de professores e educadores

para ensinar e expor os conceitos de STE(A)M em crianças pequenas na escola primária.

 

Aumentar e cultivar o interesse das raparigas nos campos de STEM

através do desenvolvimento de métodos de ensino de inclusão de género.

Apoiar o interesse nas disciplinas STEM

adotando uma metodologia de ensino inclusiva que motive os alunos do ensino fundamental a expandir a criatividade, o pensamento crítico e as competências de resolução de problemas.

Atividades

Integrar uma estratégia educacional do século XXI

para o desenvolvimento de ambientes de aprendizagem mais criativos nas escolas primárias.

Desenvolvimento de um estudo de investigação com uma análise abrangente

sobre o valor da educação de STE(A)M no aumento da motivação e participação das raparigas nos campos de STE(A)M

Criação de módulos de formação on-line, ferramentas, diretrizes e metodologias

para aumentar o desenvolvimento de competências de professores e educadores, de forma a efetivamente introduzirem abordagens STE(A)M na sala de aula;

Lançamento do piloto dos módulos de formação on-line

através de uma abordagem de aprendizagem mista (workshops e auto-estudo on-line) com professores; os professores vão testar ativamente Kit de Ferramentas Digital para Professores e o Kit de Atividades STE(A)M com seus alunos, através dos IN2STEAM Labs que vão contar com a colaboração de mulheres que trabalham nas áreas STE(A)M;

Organização de 6 “Dias da Ciência” em cada país parceiro

com o envolvimento de escolas, professores, educadores, pais, profissionais e partes interessadas no âmbito das STE(A)M: os participantes irão compartilhar as suas experiências relacionadas com as atividades do projeto e à promoção dos benefícios da aprendizagem STE(A)M na escola primária;

Elaboração de uma “Carta Europeia para a Educação STE(A)M”

com recomendações de políticas que visam apoiar as escolas através de estratégias de intervenção e uma estrutura comum, para promover uma mudança positiva de atitudes em relação às escolhas não estereotipadas na educação e atrair mais raparigas para os carreias STEM.

 

Atividades